Gravida morta dá à luz e ressuscita

Gravida morta dá à luz e ressuscita

Um caso incomum na medicina ganhou os noticiários do mundo todo: uma professora secundária de uma escola do Missouri, no Texas, morreu de parada cardíaca quando estava grávida de 36 semanas. Os

Leia tudo

Um caso incomum na medicina ganhou os noticiários do mundo todo: uma professora secundária de uma escola do Missouri, no Texas, morreu de parada cardíaca quando estava grávida de 36 semanas. Os médicos conseguiram realizar uma cesariana de emergência para a retirada do bebê.

Para a surpresa dos obstetras, logo depois da retirada do bebê, a mãe voltou a apresentar os sinais vitais. O caso foi mostrado pela televisão local KPRC, e divulgado pela CNN.

A professora Erica Nigrelli contou que, no dia 15 de fevereiro de 2013, passou mal e desmaiou durante uma aula. O marido de Erica, que também é professor na mesma escola, chamou o resgate.

Nathan Nigrelli conta que sua esposa já não respondia mais aos estímulos, mesmo com os colegas tentando uma reanimação com um desfribilhador. Quando Erica deu à luz, os médicos disseram que o parto seria post-mortem.

Erica já não tinha batimentos cardíacos, e os médicos diagnosticaram a paciente com cardiomiopatia hipertrófica, uma doença genética que não apresenta sintomas. Depois da morte súbita, os médicos conseguiram reanimar o coração da paciente.

Tendo apenas 5% de chances de sobreviver, Erica contrariou às expectativas dos médicos e voltou à vida. Ela e sua bebê, Elayna, ficaram em observação durante duas semanas na unidade de terapia intensiva.

Posts Relacionados