Meu professor do s*xo

Meu professor do s*xo

Depois que perdi a virgindade, comecei a ter muita curiosidade em relação ao sexo e ao prazer. Tudo me chamava a atenção .. E eu queria aprender tudo. E ai, apareceu meu professor.. Eu tinha 16 anos,

Leia tudo

Depois que perdi a virgindade, comecei a ter muita curiosidade em relação ao s*xo e ao prazer. Tudo me chamava a atenção .. E eu queria aprender tudo. E ai, apareceu meu professor..
Eu tinha 16 anos, e frequentava diariamente um local próximo aonde meu professor do s*xo trabalhava .. Não tínhamos contato ainda, mas sempre olhava pra ele com desejo e vice versa. Ele, um homem alto, muito alto, moreno, forte, com seus 29 anos… A palavra “dominador” estava escrita na testa dele.
Um belo dia, perdi o ônibus para casa .. Nao havia mais ônibus aquela hora, e ele se ofereceu para me dar carona. Durante o trajeto sua voz calma, baixa e grave contrastava com minha empolgação de adolescente. Poucas e sabias palavras.. Eu queria de qualquer maneira beijar ele. Tudo nele me seduzia .. Mas ele parou na porta da minha casa, sem muita empolgação.. Só pediu meu numero, e foi embora.
Adolesceste frustrada.
No dia seguinte, tudo transcorreu normal, ate que meu celular tocou. Era ele me chamando para sair.. Sem pensar duas vezes, aceitei. 19h estava na porta de casa, me esperando. Jamais esqueceria o impactante momento que entrei no carro. Ele me olhava de forma feroz, o perfume amadeirado emanava no ambiente, suas maos grandes no volante, e so duas palavras foram capazes de me exc*tar .. “Esta preparada?”..
Aquele homem me intimidava de longe. Me sentia constrangida perto dele, insegura.. Ele era enorme! Durante o trajeto, eu fui calada (bem diferente do meu estado normal), ele percebeu, e sorriu. Não disse nada confortante, ou que pudesse dissipar meu estado de nervosismo. Era a minha segunda vez que faria s*xo .. Sentia um frio cortante na barriga. E nesse clima, chegamos enfim, na casa dele … Afastada da cidade, um chalé muito confortável .. Não havia vizinhos, ninguém que pudesse me passar segurança, e comecei a me arrepender de ter ido.
Entrei no chale, ele me chamou para um abraço.. Assustada, pedi que me levasse de volta para a minha casa, mas tentativa frustrada! Com voz grave, baixa e calma, ele perguntou “Você quis vir. Sabe porque esta aqui?Sabe o que vou fazer com você?”
Sem que eu tivesse tempo para pensar na resposta, ele me beijou.. E que beijo!!!! Um beijo que revelava toda má intenção dele para comigo .. Sem interromper o beijo, me encostou na parede, segurando meus pulsos acima da cabeça. Sua língua deslizava para minha orelha, e eu g*mia com esse gesto. De forma inesperada, ele me virou, fazendo com que eu ficasse de costas para ele.
Ja nao estava mais com medo. Estava muito exc*tada, molhada, quente.. Sentia meu rosto pegar fogo. Ele me soltou, e segurou firmemente os meus seios, passando a lingua na minha nuca, pescoço. Me entreguei. Precisava de mais .. Comecei a rebolar contra ele, e senti algo grande, muito grande, e duro! Nesse momento fiquei paralisada. Nunca havia sentido tesao por homens de p*u grande. Muito pelo contrario, tinha medo de doer. Ele segurou meu quadril e me abraçou por trás.
Comecei a falar que nao tinha tanta experiencia, que era a minha segunda relaçao s*xual, e mais varias coisas. Ele me fez calar com um beijo, e me mandou ir pra cama. Foi um momento único. Estava submissa..
Fui em direção ao quarto. No caminho, ele mandou que eu tirasse a roupa e esperasse nua na cama. Fiz isso.
Esperei, e ele chegou, nu, com um pacote de cam*sinha na mão. Gelei ao ver ele. Era realmente grande e grosso. Não imaginava como iria caber em mim. Parou por um momento e ficou me olhando.. Observando. De repente, veio pra cima, me beijou e eu senti ele encostando em mim.. Mas nao me penetrou! Foi descendo com a boca ate chegar na minha v*gina.. De forma inesperada, abocanhou minha buc*tinha depilada de uma forma tao intensa, sugando que eu dei um pulo na cama. Ele segurou meu quadril, me mantendo segura na cama, e continua, agora lambendo com força meu clit*ris. Foi em questão de pouquíssimos minutos que eu g*zei.. Fiquei mole na cama.
Enquanto estava me recuperando ele colocou a camisinha, e mandou que eu ficasse de 4. Fiquei de 4, ele colocou um dedo dentro de mim .. G*mi alto.. Sentia minha buc*ta pingar de tanto tesão.. Tirou o dedo, e começou a colocar o p*u .. devagar, com calma.. Ele g*mia e eu sentia minha b*ceta se alargando para abrigar ele. Ele colocou tudo! Era incrível. Estava quase g*zando de novo. De repente, um “PLAFT” .. Levei um tapa na bunda.. Ele mandou que eu ficasse parada. Mais um .. Outro .. Estava ficando maluca.. Aquele negocio imenso dentro de mim, e os tapas .. Comecei a fazer movimentos .. Queria g*zar naquele p*u logo .. Era quase inconsciente.. Ele me segurou.. De novo a voz grave .. “Eu mandei ficar parada” .. Mas nao conseguia. Ele bateu na minha bunda de novo .. Mais um e eu g*zaria com certeza .. De repente, ele enfiou um dedo no meu c*zinho .. Eu dei um grito agudo .. Nao soube decifrar no momento o que senti, pois ele começou a me foder, e o dedo todo intalado no meu c*. O p*u dele batia no meu utero, o dedo entrava e saia do meu c*zinho .. Assim, eu g*zei .. Ele tambem.. Gem*mos alto.
Ele deu um beijo na minha boca, e fomos tomar banho. Houve carinho.. beijos, abraços..
Durante muitos anos da minha vida, quase que semanalmente nos repetiamos a dose. Ele me ensinou varias coisas em relaçao ao s*xo, e parte do que sei hoje, e de como sentir e dar prazer devo a ele.
Tivemos aventuras malucas, experiencias incriveis.. Pretendo relatar nos meus proximos contos minha evolução s*xual ensinada pelo meu professor particular. Professor do s*xo!

Posts Relacionados