A Dieta Ayurvedica: Como Funciona, Cardápio e Dicas

A Dieta Ayurvedica: Como Funciona, Cardápio e Dicas

A Dieta Ayurvedica: Como Funciona, Cardápio e Dicas Todas as novidades sobre emagrecimento e diminuição de gordura corporal são bem vindas, correto? É importante entender o funcionamento das dietas

Leia tudo

Todas as novidades sobre emagrecimento e diminuição de gordura corporal são bem vindas, correto? É importante entender o funcionamento das dietas e suas compatibilidades com o corpo que busca. Os corpos reagem de formas diversas e é fundamental que você adeque ao seu metabolismo.

Você deve respeitar a saúde de seu organismo e manter uma alimentação equilibrada para que reduza as chances de contrair qualquer doença. Essa dieta ayurvedica tem origem indiana, e consiste nas aplicações de alimentos e temperos típicos da cultura para uso medicinal e benéfico nada queima de gorduras. Logo, todo tempero é considerado medicamento.
Como funciona a dieta ayurvedica
Seguindo as tendências das características das Doshas, a estratégia é evitar os alimentos que possam prejudicar o equilíbrio do seu corpo de acordo com as características pessoais e introduzir alimentos que auxiliem na desintoxicação de seu organismo. Com o funcionamento correto do fígado e dos rins, as toxinas serão filtradas corretamente e o equilíbrio será conquistado, ficando evidente com a diminuição de medidas.

A dieta ayurvedica reconhece seis grupos de sabores e indica o consumo regular de todos esses grupos durante o dia. Recomenda-se uma sequência para as ingestões de alimentos em suas refeições. Essas prioridades de consumo podem ser seguidas para proporcionar um melhor processo digestivo e uma queima de gorduras mais eficiente, pois os doces sendo consumidos primeiramente serão digeridos e queimados antes dos nutrientes ingeridos em seguida. Os grupos são ordenados a fim de auxiliar no equilíbrio e melhor eficiência na queima dos alimentos ingeridos. A dieta ayurvedica objetiva esse equilíbrio, a seguir você poderá conhecer esses seis grupos:

Doces: Mel, açúcar, leite, massas, arroz, entre outros.
Ácidos: Limão, vinagre, laranja, entre outros.
Salgados: Qualquer alimento salgado.
Temperos fortes: Pimentas, gengibre, qualquer tempero quente, típico da culinária indiana.
Amargo: Alface, açafrão, folhas verdes, entre outros.
Adstringentes: Lentilhas, feijão, romã, etc.

Essa dieta não restringe o consumo de determinados alimentos em seu cardápio, muito pelo contrário, induz ao equilíbrio de todos os grupos, assim, aquele desejo por refeições irresistíveis pode ser menos frequente e seu corpo se manterá equilibrado junto à mente. A dieta ayurvedica evita que você sinta carência de gostos particulares; afirma-se que com a inclusão dos seis sabores, as refeições sejam mais satisfatórias.
O interessante da dieta é que não deve ser seguida por um longo tempo. O cardápio deve ser reprogramado, a dieta deve ser adaptada de acordo com as estações, horário, dia e climas durante o ano. As restrições visam retardar o inchaço, intoxicação e acidificação, que resultam na oxidação de células, então ocasionando o envelhecimento precoce dessas células.
A dieta ayurvedica é também conhecida como uma dieta detox, pois evita inflamações no sistema digestivo e objetiva realmente a desintoxicação de seu corpo. Esse processo auxilia na diminuição de retenção de líquidos, uma das causas dos quilos a mais. Os seis sabores que devem estar presente nas refeições principais são os que já falamos acima: picante (ou forte), doce, amargo, ácido, adstringente e salgado.

Como descubro qual a minha dosha?
Há diversos sites que oferecem questionários e perguntas particulares a fim de traçar um perfil envolvendo suas características físicas e mentais. Existem diversos sites e as perguntas são semelhantes, assim não oferecendo resultados diferentes. Lembre-se que a dieta ayurvedica é baseada no tempo, então idade, experiências, situações de vida que podem influenciar diretamente nos resultados dos questionários.
Atente, pois há sites que traçam suas características de forma generalizada, o que pode ser pouco confiável. Por isso, busque sites com perguntas mais detalhadas que se aproximarão do seu perfil. Podemos citar o holistic site, o qual dispõe de um questionário detalhado e adequado para você identificar qual dosha é predominante.
Holistic site – http://www.holisticonline.com/ayurveda/w_ayurveda-dtest1.htm


Os elementos
É dito que o organismo é formado por três forças nomeadas “Doshas”. Afirma-se que um corpo saudável deve permanecer com essas três forças em equilíbrio, assim reduzindo a probabilidade de doenças. Os equilíbrios entre as forças são identificados pelo seu perfil biológico, ou seja, o seu corpo funciona de forma singular.
Antes de nos aprofundarmos nos fundamentos e resultados da dieta ayurvedica, devemos conhecer quais são esses elementos e suas propriedades. Normalmente, as caraterísticas da pessoa são resultantes da combinação de duas dessas forças, mas sempre há uma predominante. As doshas são identificáveis pelas características físicas e mentais das pessoas. A natureza é responsável pela combinação dessas Doshas, são elas: Vata, Pitta e Kapha, as quais possuem propriedades distintas a fim de nos tornar únicos.


Vata
É a Dosha que possui propriedades do “Ar”. As pessoas que possuem predominância dessa força tendem a sofrer com constipação e inchaços que proporcionam desconfortos. Elas possuem baixa imunidade para resfriados durante as estações de temperaturas inferiores, além de terem que conviver com insônia e fadiga. Normalmente essas pessoas são magras, possuem problemas intestinais eventualmente, além de serem fisicamente ativas e terem pele seca, como rachaduras nos pés. Possuem expressão melancólica e habilidade para aprendizado rápido. É indicado que não consumam alimentos amargos. Recomenda-se o consumo de sopas quente ao invés de saladas frias e alimentos crus.

Pitta
É a Dosha que possui propriedades do “Fogo”. É a combinação de fogo e água. Essa força em excesso leva a produção de Bile e “ácido”. As pessoas com predominância dessa dosha são fisicamente ativa e podem ser facilmente irritadas. Sua pele é sensível e aparência avermelhada, além de terem grande tendência à produção de acne. Essas pessoas dificilmente sentem frio e possuem apetite elevado.
São pessoas críticas quanto a si e aos demais, não toleram desavenças e são fortemente perfeccionistas. Devem evitar alimentos que aumentem o fogo digestivo, como salgados e temperos fortes. Febre e inflamações podem ser sintomas de desequilíbrio dessa força. Possui característica leve, oleosa e quente. Essas pessoas devem optar pelas refeições frias, como saladas e alimentos crus.

Kapha
Essa força é constituída pela junção de propriedades da água e da terra. O seu excesso pode resultar na formação de “muco”. Essas pessoas normalmente são pesadas, volumosas ou até obesas. Não gosta do tempo frio e úmido. É calmo por natureza e pula refeições com facilidade. Eles possuem grande facilidade de memorização, mas seu aprendizado é lento. Geralmente são carinhosos e afetuosos.

É importante evitarem alimentos frios, pesados e úmidos. Os sintomas de desequilíbrio podem ser problemas respiratórios e a produção excessiva de muco. Pessoas com predominância dessa força devem evitar a ingestão de doces e sal, pois possuem processo de digestão lento. Recomenda-se alta ingestão de verduras e legumes levemente cozidos no vapor, alimentos ricos em fibras. Deve-se evitar a ingestão de alimentos “pesados” e oleosos, como creme de leite e frituras.

Os temperos

Os temperos constituem a eficiência da dieta ayurvedica, eles são muito utilizados para diferenciar o modo de preparo das refeições e orientar as escolhas de acordo com as doshas. Eles são muito utilizados na cultura indiana, o que justifica a origem da dieta ayurvedica.
É importante reconhecer o funcionamento de seu organismo, e assim fazer as melhores escolhas para conquistar o seu equilíbrio. Agora poderemos analisar as propriedades de alguns temperos de forma isolada e você poderá fazer escolhas para o equilíbrio de seu corpo e mente, e assim conquistar o corpo que deseja.

Cúrcuma

Eficiente contra doenças cardíacas e proporciona efeito anticancerígeno. Age como estimulante cerebral. Auxilia na saúde de seus pulmões.
Coentro
Pode ser utilizado em tratamentos de câncer e diabetes. Reduz o nível de colesterol ruim e aumenta o do colesterol bom. Auxilia na eficiência do funcionamento do sistema digestório e possui sabor atraente.

Cominho

Eficiente na prevenção de gases e ideal para auxiliar no bom funcionamento do sistema digestório. O sabor é picante e o aroma é atraente. Estudos mostram que o cominho pode estimular as enzimas pancreáticas.

Massala

Os temperos devem ser utilizados para reduzir o volume ingerido. A união de diferentes sabores é chamada de Massala, e deve ser utilizada a fim de ajudar na absorção adequada, para que assim a digestão seja mais eficiente junto à queima de gorduras. É possível notar que a Massala é constituída pela união de diversos temperos que proporcionam um metabolismo mais acelerado. Veja abaixo a receita da Massala.

Ingredientes:

1 colher (sopa) de cominho em pó
1 e 1/2 colher (chá) de semente de coentro em pó
1 e 1/2 colher (chá) de gengibre em pó
1 e 1/2 colher (chá) de pimenta-do-reino moída
1 colher (chá) de canela em pó
1/2 colher (chá) de cravo-da-índia em pó
1/2 colher (chá) de noz-moscada em pó

Modo de Preparo:

Leve todos os ingredientes em uma frigideira ao fogo, e misture todos esses ingredientes.
Apague o fogo.
Busque armazenar o conteúdo em um pequeno recipiente, para que assim possibilite o fácil transporte da combinação para ser acrescentada em refeições fora de casa.
Equilíbrio além da alimentação
A dieta ayurvedica segue conceitos da cultura indiana, e objetivam o equilíbrio de corpo e mente. Os fundamentos da dieta não se restringem à alimentação, eles afirmam que o corpo deve estar sintonizado com uma mente saudável. A dica principal é você unir todos os benefícios a favor da sua saúde. É importante utilizar exercícios físicos, meditações, massagens e diversas manifestações benéficas ao seu corpo. Se você possui uma rotina intensa e sofre com os fatores externos, adote o hábito de meditar e reciclar os pensamentos. A ideia central da dieta é não só manter seu corpo físico saudável, mas sua mente também.
Dicas de cardápio para as refeições

Café da manhã:

Mingau de aveia morno, preparado com água, água de rosas e cardamomo.
Você pode adicionar uma colher de (chá) de ghee (tipo de manteiga clarificada, ingrediente típico da culinária indiana).
Água de coco em temperatura ambiente.
Almoço:
Kichadi (receita tradicional indiana) ou arroz integral ou arroz basmati.
Verduras e vegetais cozidos ou refogados.
Raízes.
Leguminosas (lentilha vermelha, feijão azuki, moyashi) – Busque gãos de tamanhos inferiores, para que assim você auxilie em uma digestão mais simples e rápida.
De 300 a 500 ml de água.
É recomendável repousar apó o almoço. Indica-se pelo menos 15 minutos de descanso em um local agradável, mas não é indicado dormir.

Jantar:

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite

Sopa de cenoura, vagem, mandioquinha ou fubá.
Refeições ricas em vegetais e legumes. Busque combinar mandioquinha, vagem, cenoura. Opte por sopas de legumes e peixes. Evite consumos altamente calóricos nesse horário.

Fonte Mundo Boa Forma







Posts Relacionados