Com Melo em campo, Palmeiras cede empate ao Bahia no final

Com Melo em campo, Palmeiras cede empate ao Bahia no final

O Palmeiras desperdiçou a chance de alcançar o Grêmio na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro durante a noite desta quinta-feira. No Estádio do Pacaembu, com o meio-campista Felipe Melo

Leia tudo

O Palmeiras desperdiçou a chance de alcançar o Grêmio na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro durante a noite desta quinta-feira. No Estádio do Pacaembu, com o meio-campista Felipe Melo em campo, o time alviverde cedeu o empate por 2 a 2 ao Bahia nos minutos finais.

Com 44 pontos ganhos, o Palmeiras permanece na quinta colocação. Como o Cruzeiro, terceiro com 47 pontos, já está classificado à Copa Libertadores, o time alviverde também entraria no torneio continental. Já o Bahia contabiliza 32 pontos e sobe para o 14º lugar.

Pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 17 horas (de Brasília) deste domingo, o Palmeiras volta a campo para enfrentar o Atlético-GO, último colocado do torneio nacional, no Estádio Olímpico. Já o Bahia, às 19 horas do mesmo dia, pega o líder Corinthians, na Fonte Nova.

O Jogo – Felipe Melo, relacionado pela primeira vez desde julho, viu seu time abrir o placar logo no primeiro minuto de jogo. Dudu tomou a bola no campo de ataque e tocou para Bruno Henrique, que acionou Deyverson pela esquerda. O atacante cruzou, Moisés desviou e Willian marcou seu 16º gol na temporada.

O goleiro Fernando Prass precisou trabalhar em chutes desferidos por Mendoza e Vinícius, mas o Palmeiras conseguiu ampliar sua vantagem aos 38 minutos. Deyverson recebeu de Bruno Henrique pela esquerda e cruzou para Tchê Tchê ajeitar de peito. Willian não pegou em cheio, e Bruno Henrique converteu na sobra.

O Bahia, persistente, conseguiu diminuir a vantagem do time da casa aos 46 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio de Mendoza pela direita, o atacante Edigar Junio usou a cabeça para completar. Assim que o jogo recomeçou, o árbitro Marcelo de Souza apitou o fim da etapa inicial.

No começo do segundo tempo, após falha de Deyverson ao tentar jogada individual, a torcida passou a pedir a entrada de Borja, efetivamente colocado por Cuca pouco depois. Em uma boa trama, Willian recebeu passe de calcanhar do colombiano e lançou Dudu. O camisa 7 tentou driblar o goleiro Jean, mas acabou desarmado.

Aos 28 minutos do segundo tempo, aplaudido pela torcida, Felipe Melo foi colocado pelo técnico Cuca no lugar de Bruno Henrique. Em busca do empate, o Bahia ameaçou com chute de Edigar Junio pela direita, defendido por Fernando Prass em dois tempos.

Colocado no lugar de Willian, Roger Guedes cometeu pênalti sobre Mendoza. Na cobrança, aos 43 minutos, Edigar Junio determinou o empate ao cobrar no canto esquerdo de Fernando Prass. O goleiro palmeirense acertou o canto, mas não conseguiu evitar o gol do Bahia.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 x 2 BAHIA

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 12 de outubro de 2017, quinta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Público: 24.299 pagantes
Renda: R$ 739.950,00
Cartões amarelos: Edu Dracena (PAL) ; Mendoza e Renê Júnior (BAH)
Gols:
PALMEIRAS: Willian, a 1 mimnuto do 1º Tempo, Bruno Henrique, aos 38 minutos do 1º Tempo
BAHIA: Edigar Junio, aos 46 minutos do 1º Tempo e aos 43 minutos do 2º Tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Tchê Tchê, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Thiago Santos, Bruno Henrique (Felipe Melo) e Moisés; Willian (Roger Guedes), Dudu e Deyverson (Borja)
Técnico: Cuca

BAHIA: Jean; Eduardo, Rodrigo Becão, Lucas Fonseca e Juninho; Renê Júnior, (Feijão) Juninho e Vinícius (Rodrigão); Zé Rafael (Régis), Mendoza e Edigar Junio
Técnico: Paulo Cesar Carpegiani

- Fonte: GazetaEsportiva

Posts Relacionados