Com nome de campanha estratégico,  filha de Fernandinho "Beira Mar" assume como vereadora

Com nome de campanha estratégico, filha de Fernandinho "Beira Mar" assume como vereadora

Filha do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, a dentista Fernanda Costa (PP) vai assumir mandato na Câmara dos Vereadores de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ao

Leia tudo

Filha do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, a dentista Fernanda Costa (PP) vai assumir mandato na Câmara dos Vereadores de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Ao arregimentar 3.098 votos na eleição de 2016, sua estreia na disputa política, ela não foi eleita, mas conseguiu a vaga de suplente. Um mandado de prisão contra o vereador Sebastião Ferreira da Silva, o Chiquinho Grandão (PP), pode causar o afastamento do correligionário de Fernanda e abrir uma vaga para a dentista na Câmara.

Segundo a assessoria da Câmara dos Vereadores de Duque de Caxias, há um mandado de prisão contra o vereador, mas nem a Casa nem Chiquinho Grandão ainda foram notificados.

Pelo regimento, o vereador mantém o mandato por 120 dias após a notificação e o cumprimento do mandado. Neste período, ele pode reaver a liberdade na Justiça e, logo, a cadeira na Casa.

O artigo 17 da Lei Orgânica do município destaca que um vereador perde o mandato se infringir alguma proibição do estatuto, se quebrar o decoro parlamentar, se faltar a um terço das sessões, se perder ou tiver suspensos os direitos políticos, se a Justiça Eleitoral decretar assim ou se sofrer condenação criminal em sentença que não admite mais recurso.

O suplente, diz o regimento, será convocado nos casos de vaga, de investidura nos cargos e nas funções de licença ou afastamento do exercício do mandato por prazo superior a 120 dias.

Posts Relacionados