Dicas de como se preparar para a hora H

Dicas de como se preparar para a hora H

Preliminares, higiene, tesão e paciência são os principais pontos do sexo

Leia tudo

O sexo anal pode ser tabu em alguns casais, mas na maioria das relações gays entre homens ele é mais do que normal, é imprescindível. É certo dizer que nem toda relação precisa necessariamente de penetração, muitos casais gays afirmam que transam sem penetração de 3 entre 5 vezes que praticam sexo e estão completamente satisfeitos com isso. Além da penetração, existem diversas maneiras do casal brincar com as preliminares. Elas podem estabelecer momentos de confiança e relaxamento para o homem passivo do momento. Essa brincadeira é muito importante, principalmente para quem já está experimentando a penetração ou quer começar a ser penetrado. A prática do sexo anal é saudável e pode ser extremamente prazerosa se realizada da maneira correta. Isso quer dizer que não é só sair com o boy e pedir para ele fazer o trabalho, requer paciência e muito preparo, principalmente de quem receberá a penetração. Preliminares antes das preliminares Como falamos antes, o homem passivo deve se preparar intensamente antes mesmo de encontrar com o ativo. Isso quer dizer mentalmente e fisicamente. Mentalmente: Seu estado mental pode diferenciar a dor física, para isso realize exercícios respiratórios se sentir nervosismo por ser a primeira ou uma das primeiras vezes que praticará sexo gay anal. Você precisa entender que ali é você quem manda, seu corpo suas regras, e não deve ficar nervoso por não ser experiente. É válido ressaltar que a sinceridade e conversa com o parceiro, independente de serem namorados ou não, é essencial. Isso quer dizer que você precisará avisar ao boy se é ou não virgem de ânus, essa informação é muito valiosa e importante para que o ativo saiba o que e como está fazendo uma vez que começarem a pratica. Fisicamente: Na matéria que comentamos sobre a chuca você poderá ter uma visão mais perfeccionista do que esse termo representa. Basicamente explicamos que existem 4 regras fundamentais para iniciar o sexo gay anal: calma, lubrificação, cuidado e higiene. A última, higiene, além de ser essencial para qualquer relacionamento, também trabalha a auto-estima no caso do sexo anal. Isso por que existe a possibilidade de sujar a camisinha com detritos de fezes, uma vez que o canal por onde elas saem estará sendo penetrado. Apesar de ser completamente normal e alguns ativos não se importarem em pequenas quantidades, a maioria dos passivos não quer este tipo de peso para eles e desenvolveram uma técnica chamada chuca. Com a chuca você poderá limpar o seu canal retal e estar mais preparado para a prática. Aqui no sexshop Aquelas Coisas você poderá encontrar diversos tipos tecnologias, inclusive descartáveis para levar no bolso e estar sempre preparado. Sexo anal gay sem dor A primeira coisa que se pensa quando falamos de sexo gay anal é a dor, ela é a maior vilã de todos aqueles que tem medo de receber a penetração. Igualmente comparada à dor do rompimento do hímen da mulher, a penetração anal pode ou não doer, isso vai depender muito do preparo de ambas as partes. Ao ser penetrado o ânus se contrai e torna a penetração mais difícil, o que pode causar dor. O que muitos ativos ainda não entendem é que é nessa hora que se deve pausar o ato de penetrar para não danificar a parede do ânus e principalmente, não causar um desconforto para as próprias terminações nervosas. Se elas sofrerem trauma irão se retrair cada vez mais e isso tornará a penetração praticamente impossível. Quando o ativo perceber essa contração ele deverá apenas encostar a glande (ponta do pênis) no ânus e massagear com calma e cuidado, sem penetração. Aproveite esse momento para voltar às preliminares, beijos carícias e masturbação são ótimas para acalmar o corpo de quem está sendo penetrado. Uma vez calmo, o esfíncter (comumente conhecido como prega) irá se acalmar e vocês podem voltar à penetração. Além do relaxamento você também pode contar com alguns produtos que poderão te ajudar durante o sexo anal. Eles foram desenvolvidos exatamente para este tipo de sexo e ajudam a relaxar os músculos para garantir uma boa penetração. Entre eles, um se destaca bastante entre todos os casais que usam. A pomada Facilit 4g da Soft Love é um Anestésico Anal 4 em 1 – Anestésico, lubrificante, vasodilatador e cicatrizante. Ela age no local onde foi aplicada reduzindo a sensibilidade e com isso o desconforto. Sua ação lubrificante permite uma penetração anal mais fácil e sem dor, proporcionando maior prazer durante a relação sexual. A melhor posição sexual gay para quem está começando As posições sexuais para casais gays são, em sua maioria, diferente das que casais héteros executam. Com anatomias diferentes, existem diversas posições que podem e devem ser executadas por casais gays, mas algumas, no começo da vida sexual ativa devem ser evitadas. Evite realizar a posição “de quatro” quando estiver começando a receber penetração, ela deixa o esfíncter muito exposto. O ideal no começo é que vocês possam se acariciar e excitar ao mesmo tempo, isso não poderá ser feito se um estiver de costas para o outro. Evite também qualquer tipo de posição que os faça ficar em pé. Isso por que a penetração anal já é mais demorada e requer cuidados ao iniciar. Se estiverem em pé, é provável que aconteça um desconforto tanto físico quanto emocional e nenhum dos dois quer isso. A melhor posição para realizar o sexo gay anal é com o passivo em cima do ativo. Isso por que nesta configuração o passivo estará no controle da situação, o que é perfeito para quem está começando a vida sexual e pode ficar inseguro. Nesta configuração ele controla a velocidade junto com a velocidade da penetração. Também é uma ótima posição para estabelecer contato visual e fortificar a relação dos dois (mesmo que seja momentânea, a química tem que rolar). omo fazer: O passivo deverá se posicionar em cima do parceiro com os joelhos levantados, não permitindo encostar no peitoral do ativo. Não se esqueça de se curvar um pouco e não deixar o corpo completamente ereto, o ânus fica em uma posição curvilínea e ficar com a coluna ereta poderá fazer o pênis do ativo sair rapidamente, causando o trauma da penetração mais uma vez. Para o ativo, segure a coxa do passivo por baixo, isso fará com que suas nádegas se distanciem e facilite a fricção durante a penetração. É importante ressaltar que todo sexo deve ser feito com preservativos. Para quem está começando existem camisinhas com lubrificação extra que podem complementar o ato.

Posts Relacionados