Efeito platô após a cirurgia bariátrica

Efeito platô após a cirurgia bariátrica

Céla Beleli Nutricionista, Especialista em Obesidade e Emagrecimento do GCBV

Leia tudo

Após a cirurgia bariátrica, o paciente começa a emagrecer, e em determinados períodos, há uma parada na perda de peso.

A cirurgia é uma ferramenta poderosa com que a pessoa pode contar para tratar a obesidade. Após a cirurgia que diminui o tamanho do estômago, desvia uma parte do intestino, o paciente passa a alimentar-se com uma quantidade bem menor de alimentos, levando a uma saciedade mais rápida. Emagrecer sem ficar com fome após se alimentar com pouca quantidade de alimentos torna tudo muito mais fácil, inicialmente.

O emagrecimento vai ocorrer durante cerca de dezoito meses, no início mais rapidamente, diminuindo com o passar do tempo. Algumas pessoas irão conseguir o peso ideal e outras não. É de se esperar que aquelas que tenham um maior comprometimento como alimentação adequada e prática regular de exercícios físicos, apresentem resultados melhores.

A estabilização do peso após um período de tempo é chamada de efeito Platô.
Eliminar peso resulta também em mudanças na composição corporal, ou seja: redução da quantidade de gordura que está distribuída pelo corpo, e aumentar a quantidade de massa magra que são músculos e massa óssea, pois durante o emagrecimento ocorre uma grande perda de massa magra, e isso não é interessante.

A necessidade de energia que nosso organismo precisa para manter o peso varia de acordo com a composição corporal, ou seja, com a quantidade de massa magra e de gordura. Dessa maneira, é importante manter a quantidade de massa magra elevada para um maior consumo de energia do nosso corpo em repouso e assim sairmos do efeito platô ou estabilização do peso.

Dicas importantes:
Aumente a quantidade de exercícios, de preferência exercícios que aumentem a sua massa magra, para elevar seu consumo de energia em repouso, converse com o seu educador físico.
Tenha uma alimentação variada, com alimentos do grupo de proteínas magras, carnes em geral, aves, peixes, ovos, leite desnatado e derivados, uma variedade de cereais integrais, vegetais e frutas e beba bastante água.
Não perca a determinação. A estabilização do peso é normal e é possível sair dela.
Consulte sempre um nutricionista. Ele esclarecerá as suas dúvidas e mostrará o melhor caminho para voltar a diminuir o peso além de fazer a revisão do seu plano alimentar e alterações necessárias.

Posts Relacionados