Irmão mais velho de Cristiano Araújo considera exagerada condenação de motorista

Irmão mais velho de Cristiano Araújo considera exagerada condenação de motorista

Nelson afirmou que nenhuma punição vai trazer o seu irmão de volta e acredita ser “hipocrisia” pedir a condenação de Ronaldo. No entanto, nem todos da família do cantor Cristiano Araújo estão

Leia tudo

Nelson afirmou que nenhuma punição vai trazer o seu irmão de volta e acredita ser “hipocrisia” pedir a condenação de Ronaldo. 

No entanto, nem todos da família do cantor Cristiano Araújo estão de acordo com a afirmação. Segundo Nelson, a família está dividida. Alguns parentes realmente não veem motivo para condenar o motorista pelo acidente, porém, outros familiares consideram Ronaldo culpado e concordam com a pena imposta pela justiça.

A decisão é da juíza Patrícia Machado Carrijo, da 2º Vara Cível, Criminal, das Fazendas Públicas, de Registros Públicos e Ambiental de Morrinhos e foi anunciada nesta quinta-feira (18). Para a magistrada, Ronaldo sabia das más condições em que estavam as rodas instaladas no veículo, do modelo Range Rover, e do risco que a utilização das mesmas oferecia à condução. Portanto, ela considerou que a autoria do crime está comprovada, mediante a imprudência, a negligência e a imperícia praticadas pelo motorista.

Ronaldo era o condutor do veículo em que ambas as vítimas estavam. O casal estava no banco traseiro, enquanto Vitor Leonardo Ferreira estava no banco ao lado do motorista, o acusado. Eles retornavam de um show realizado na cidade de Itumbiara, por volta das 3 horas, e se dirigiam a Goiânia. No trajeto, se envolveram em um acidente no km 614 da BR-153, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, na Região Sul do Estado, quando Ronaldo perdeu o controle da direção. O carro saiu da pista, adentrou o canteiro central e capotou várias vezes, parando na pista contrária.