Polícia prende mulher que anunciava venda de roupas roubadas

Polícia prende mulher que anunciava venda de roupas roubadas

Roubo aconteceu no dia 6 de novembro, em uma loja no Bairro Jardim Imperial, em Cuiabá

Leia tudo

Uma mulher acusada de anunciar peças de roupas roubadas para venda foi presa pela Polícia Civil, em Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá. A suspeita E.L. S. estava em posse de roupas produto de roubo, praticado pelo seu namorado.

O roubo aconteceu no dia 06 de novembro, em uma loja no bairro Jardim Imperial. Durante as investigações, a equipe da Derf descobriu que a jovem estava anunciando as peças nas redes sociais, em uma comunidade de nome “Desapega”.

Trabalhando com as informações, os investigadores identificaram a suspeita e a localizaram em posse de diversas peças de roupas roubadas da loja.
A jovem foi conduzida à delegacia, onde foi apresentada ao delegado Eduardo Rizzoto de Carvalho. Interrogada, a suspeita alegou ter recebido as roupas do seu namorado A.J.M.J.

Em continuidade as investigações, o suspeito passou pelo reconhecimento pessoal das vítimas sendo identificado como autor do roubo.
Na ocasião, o suspeito invadiu a loja e após trancar a vítima no banheiro levou várias peças de roupas.

O acusado já estava preso em razão de outro crime, cometido no mês de novembro de 2017. O caso teve grande repercussão, uma vez que além do roubo, o suspeito forçou a vítima a fazer sexo oral durante a ação criminosa. Na ocasião, o acusado foi autuado em flagrante por roubo e estupro.

A suspeita foi encaminhada para exame de corpo e delito e posteriormente para audiência de custódia.