Preso suspeito de se passar por policial para cometer estupros

Preso suspeito de se passar por policial para cometer estupros

Foi preso na tarde desta quarta (11), o homem acusado de se passar por policial para cometer sequestros e estupros na região dos Jardins. Adson Muniz Santos, 34 anos, foi detido dentro de um

Leia tudo

Foi preso na tarde desta quarta (11), o homem acusado de se passar por policial para cometer sequestros e estupros na região dos Jardins.

Adson Muniz Santos, 34 anos, foi detido dentro de um supermercado na região dos Jardins, por volta das 14 horas. Ele abordava mulheres usando um falso distintivo da Polícia Federal e chegou a render uma vítima na sexta (6), na saída de um supermercado na Rua Augusta.

A mulher saía do estacionamento do local quando ele fez sinal de parada apontando o distintivo e a rendeu quando ela abriu o vidro. Os dois circularam pela cidade durante três horas e, nesse período, ela foi estuprada e obrigada a sacar 3 000 reais de um caixa eletrônico.

A gerente de vendas Juliana Maciel, 37 anos, foi abordada quando estava parada em uma semáforo na rua Abílio Soares, por volta das 14 horas desta terça (10). “Eu não abri a janela, foi minha sorte”, contou. Ela conseguiu fotografar o homem e as imagens foram publicadas em grupos de WhatsApp e redes sociais.

O suspeito já foi candidato a deputado federal pelo PRB da Bahia, em 2010. Também concorreu como vereador no município de Jussiape em 2016.

As vítimas foram chamadas para fazer o reconhecimento. O caso é investigado pela 1.ª Delegacia de Defesa da Mulher.

Arquivado em: Cidades
Preso suspeito de se passar por policial para cometer estupros

Posts Relacionados