Pular o café da manhã com frequência ajuda ou não a emagrecer? Cientistas testaram

Pular o café da manhã com frequência ajuda ou não a emagrecer? Cientistas testaram

A grande maioria dos médicos e profissionais de nutrição afirma que um café da manhã reforçado ajuda na dieta e garante saúde, mas há especialistas que garantem que deixar de comer ao acordar

Leia tudo

A grande maioria dos médicos e profissionais de nutrição afirma que um café da manhã reforçado ajuda na dieta e garante saúde, mas há especialistas que garantem que deixar de comer ao acordar contribui para o emagrecimento. Afinal, quem está certo? Qual medida adotar para perder peso?

Deixar de tomar café da manhã engorda ou emagrece?
Um novo estudo publicado pelo American Journal of Clinical Nutrition observou, através de testes com 17 com adultos saudáveis ​durante três diferentes dias, que os voluntários queimaram mais calorias nos dias em que deixaram de tomar o café da manhã, mas que o hábito, a longo prazo, pode aumentar as chances de inflamação no organismo.

Os participantes ainda eliminavam mais reservas de gordura armazenada nos dias em que pulavam a refeição matinal. Na teoria, a ideia pode soar como algo positivo para a dieta, mas o fato também sugere prejuízo na flexibilidade metabólica, que levaria a um maior risco de obesidade e diabetes tipo 2.

O trabalho científico aponta ainda que ignorar o café da manhã ou jantar pode ajudar as pessoas a perder peso, uma vez que os adultos pesquisados queimaram mais calorias nos dias em que adotaram o hábito.

No entanto, os níveis elevados de inflamação observados após o almoço poderia ser um problema, indicando que mais pesquisas são necessárias para uma conclusão definitiva sobre o impacto do desjejum para a perda de peso. Além disso, vale ressaltar que, como a pesquisa durou apenas três dias, não é possível determinar como o método afetaria a saúde e o metabolismo no futuro.

Pesquisadores afirmam que pular refeições e adotar outros tipos de jejum intermitente podem, além de não serem realistas para a maioria das pessoas, aumentam os riscos de falha na dieta, já que pode desencadear apetite exagerado no período noturno.